Arquivos do Blog

Veja tendências de decoração para 2013 e se inspire

422468064

O ano de 2013 já está quase chegando à metade, mas nem por isso, devemos deixar de analisar as tendências decorativas do período. Afinal nunca é tarde para repaginar o visual da casa, não é mesmo? A decoração deve suprir as necessidade de cada ambiente e oferecer um estilo original e cheio de personalidade para os moradores. Para isso, as tendências surgem com o intuito de orientar e indicar o caminho mais certo a ser percorrido. Claro que nem tudo deve ser absorvido, mas é importante estar por dentro do assunto.

O mercado de decoração está repleto de novidades e mudanças. Elas vão desde o mobiliário até os revestimentos, e prometem dar um toque moderno e prático para o dia a dia da casa. Quem gosta de decorar e se inteirar nesse universo, não pode deixar de conferir as dicas de composição de ambientes para o ano de 2013 que nós separamos. Com tantas alternativas, o desafio está em escolher a melhor a opção para o seu caso.

Tendências

Uma das grandes tendências do ano é a estética metalizada. Esse estilo de decorar se encaixa perfeitamente com composições urbanas e modernas. Além, dos tons prateados, o acobreado também aparece para enriquecer os ambientes. Para quem quer criar um ambiente diferenciado, apostando na tendência, o papel de parede metalizado é uma boa alternativa.

Quem gosta de seguir uma linha mais tradicional na hora de decorar, pode apostar no minimalismo, porque ele nunca esteve tão em alta. O conceito de quê menos é mais, explora a simplicidade no design, nas cores e nas formas. Outra tendência discreta e charmosa são tons pastel. As cores clarinhas são muito bem vindas para decoração de todos os ambientes da casa, conferindo delicadeza aos cômodos.

Quando o assunto é revestimento, o que faz sucesso é o piso cerâmico. O material deixa os ambientes com um ar moderno e tem semelhanças com o mármore. Sofisticação pura. E pra falar em móveis, os estofados arredondados, são os queridinhos do ano.

Fonte: http://www.correiodoestado.com.br/noticias/veja-tendencias-de-decoracao-para-2013-e-se-inspire_182912/

Anúncios

Verde esmeralda é a cor de 2013: saiba como usá-la na decoração

Todos os anos, a Pantone – maior autoridade em cores do mundo – decreta qual será o tom dominante da temporada quando o assunto é moda, design e estilo. A cor escolhida para 2013 é o verde esmeralda, uma opção fresca e vívida para destacar qualquer ambiente.

“O verde é a tonalidade mais abundante na natureza. O olho humano enxerga mais verde do que qualquer outra cor no espectro”, explica a diretora-executiva da Pantone Institute, Leatrice Eiseman. “Já simbolicamente, o tom de esmeralda transmite uma ideia de claridade, renovação e juventude, coisas tão importantes no mundo de hoje”, conclui ela. Para saber como adotar a cor do ano na decoração da sua casa, confira três fotos inspiradoras com dicas fáceis de colocar em prática.

1- Frescor sútil

verde-esmeralda-4

O verde esmeralda é uma cor dominante. Se você não gosta de ousar muito, comece adotando-a no mobiliário. As nuances mais abertas combinam com pisos de madeira e paredes claras. Ficam lindas em áreas externas e de grande circulação.

2- Foco nos detalhes

verde-esmeralda-3

Para quem deseja apenas pincelar o verde esmeralda na decoração que já tem em casa, a dica é investir em acessórios que não “brigam” com o projeto existente. Nesta sala, a cor está presente em duas garrafas redondas de vidro que garantem um brilho e um diferencial ao espaço.

3- Tudo verde!

verde-esmeralda-1

Se o objetivo for mudar de vez as paredes, a opção pelo verde esmeralda é um acerto em dia com a tendência. E já que as atenções estarão todas voltadas para a cor, economize nas tonalidades do mobiliário, evitando estampas. O contraste claro-escuro, por outro lado, é bem-vindo.

Por Pollyana de Moraes

Fonte: http://gnt.globo.com/casa-e-decoracao/dicas/Verde-esmeralda-e-a-cor-de-2013–saiba-como-usa-la-na-decoracao.shtml

As expectativas do mercado imobiliário para 2013

SP2-1280x1024

O mercado imobiliário em muitos momentos de 2012 pediu cautela. Apesar de momentos de instabilidade o crescimento do setor foi visível, porém não foi tão forte quanto nos últimos quatro anos. Para 2013 espera-se que o mercado se recupere e que encontre uma estabilização nos preços dos imóveis. O fato de não ter eleições municipais, segundo o presidente do Creci-RS, Flávio Koch, mostra que o mercado imobiliário vai ser um ano bom. “A política de financiamentos vai continuar, assim como estímulos bancários e conservação de taxas, beneficiando todos os grupos econômicos”, explica Koch.

O presidente enfatiza que as vendas irão acontecer em 2013, porém com mais tranquilidade, o que será bom para as empresas ligadas ao setor. “As construtoras irão atender com calma e com isso conseguirão construir e entregar os imóveis no prazo. Pois, quando há o boom imobiliário as empresas acabam atrasando as entregas por falta de mão de obra qualificada e de materiais”.

Para Mateus B. Facchin, diretor comercial da Iper Imóveis, o preço dos imóveis será mantido em 2013, e acredita na possibilidade de uma sutil alta nos valores. “O Mercado está em ótimo momento, impulsionado pelo crédito farto e pela facilidade de contratação. Por mais que tenhamos um número considerável de lançamentos, temos ainda grande demanda por moradia e investimento para atender, sem contar que, com a queda na taxa de juros, voltou a se tornar muito atrativo comprar imóveis para locação. Sem dúvida, esses fatores impulsionarão as vendas no próximo ano”, comenta Facchin.

A diretora da Taperinha Imóveis, Raquel Trevisan, diz aguardar que 2013 traga um crescimento sustentável para todo o setor. “Temos claro para a nossa empresa que os anos de 2010 e 2011 não voltarão mais, com todo aquele boom e demanda reprimida, com preços em crescimento vertiginoso”. Raquel completa falando que os profissionais ligados a este mercado gostariam que “os preços fossem mais ‘reais’, com oferta e demandas ajustadas e com uma concorrência mais profissional”.

Sobre a valorização do preço dos empreendimentos residenciais e comerciais acima da inflação nos últimos anos, o diretor comercial da Nex Group, Enio Pricladnitizki, conta essa alta é positiva e acontece por causa do aumento de custos de terrenos e mão de obra, além de novas exigências dos órgãos públicos que regulamentam a produção. “Isto traz a segurança de não estar se formando uma bolha imobiliária como aconteceu nos Estados Unidos. Por outro lado, o crédito imobiliário deve continuar farto e mais barato e as opções de investimento seguro tendem a remunerar cada vez menos o capital”, analisa. Ele ainda salienta que espera que os imóveis no próximo ano “continuem aumentando de preço acima da inflação, porém não tão acima quanto esteve nos últimos cinco anos”.

Fonte: http://linklar.com.br/editorial/2012/12/28/as-expectativas-do-mercado-imobiliario-para-2013/